Geração Z: digitais, mas valorizam o contacto humano

Num mundo cada vez mais digital, são imperativos (por consequência do progresso) ajustes no mercado de trabalho: desde a mentalidade, cultura, ferramentas de captação e retenção de talentos às próprias condições oferecidas pelas empresas e o valor acrescentado ao equilíbrio emocional que estas podem trazer, no espaço de trabalho. Depois dos Millenials, falamos agora numa […]

Leia mais