Nos dias de hoje, ouve-se muito falar em “Profissionais Belt” e na necessidade, quase obrigatória, de as empresas terem pelo menos um recurso como este. Apesar de ser um conceito cada vez mais utilizado, o que é que esses profissionais têm de especial e qual é a mais valia que trazem às empresas?

Antes de nos debruçarmos sobre este tema, é importante perceber o significado do conceito “6 Sigma” e perceber qual a relação que esta ferramenta tem com o termo “Profissional Belt”. A metodologia Six Sigma é uma ferramenta que permite maximizar e otimizar o desempenho dos processos dentro da empresa. Utiliza métodos estatísticos e científicos que permitem reduzir de forma significativa os defeitos e não conformidades específicas de cada fábrica. A grande vantagem desta metodologia é que tem a capacidade de se adaptar às particularidades de cada empresa e de cada departamento, permitindo obter grandes resultados financeiros num curto espaço de tempo.

Qual é a empresa que se opõe a uma metodologia que lhe permite obter, num curto prazo, um maior bem-estar financeiro de uma forma simples e prática? Contudo, estes conceitos e ferramentas para surtirem efeito e cumprirem com os objetivos propostos, precisam de ser implementados corretamente.

É aqui que surgem os profissionais especialistas neste tipo de estratégias, também conhecidos como “Belt”. Estes especialistas são totalmente qualificados na implementação destes procedimentos e são, basicamente, profissionais de Six Sigma. Estas pessoas são responsáveis por projetos e pela implementação de melhorias que podem atuar em diversos graus de competência consoante o nível Belt pelo qual estão certificados. Existem desde black belts, master black belts, green belts, yellow belts, white belts, entre outros. Normalmente, “o perfil de um bom Black Belt abrange: alta capacidade analítica, pensamento estatístico, capacidade de lidar com ambiguidades, credibilidade frente aos colegas, liderança”.

A importância destes profissionais está focada no facto de colocarem em prática todas as filosofias associadas ao Lean Six Sigma, tem como papel principal formarem e orientarem os restantes profissionais da empresa e “naturalmente preparará o caminho para que surjam novos líderes dentro da empresa” e vai orientar a mesma para a maximização do lucro.

Numa altura em que as próprias organizações já começam a perceber a importância de melhorar e otimizar processos e reduzir desperdícios, este certificado é uma excelente oportunidade para os mais ambiciosos e com espírito de liderança, se evidenciem num mercado cada vez mais competitivo e se destaquem entre milhares de pessoas. Dado que é uma formação que é transversal a todo o tipo de indústrias e áreas, pode ser uma boa forma de se manter atualizado e valioso em qualquer empresa durante os próximos anos.

 

joana cunha wyser

Joana Cunha
HR Consultant Engineering & Industry
Wyser Portugal