A contribuição dos Recursos Humanos é central para o desenvolvimento organizacional. Em tempos de crise, torna-se ainda mais importante em determinados aspetos porque as grandes mudanças têm um impacto nos colaboradores e gerir esse impacto ajuda a garantir o sucesso geral da empresa.

 

Fornecer orientação e clareza de comunicação

Nos momentos de mudança, surgem sempre muitas perguntas e incertezas. Ter a capacidade de responder adequadamente a essas incertezas e ir ao encontro dos colaboradores em termos de informação prestada ajuda a corresponder às expectativas. Ter respostas é um fator tranquilizante. É também uma forma de inclusão e de garantir que os colaboradores se sentem integrados a nível global na organização, mesmo em tempo de mudança. Simultaneamente, o departamento de Recursos Humanos pode clarificar a comunicação para garantir que a desinformação que muitas vezes se gera no seio das organizações é mitigada.

 

Formação e Desenvolvimento

Um número elevado de organizações teve que adotar medidas extraordinárias como o lay-off o que, a par da condição geral da conjuntura, pode gerar um sentimento de incerteza nos colaboradores. Por este motivo, alavancar a integração é fundamental para manter os colaboradores motivados e envolvidos com a organização. A formação e as perspetivas de desenvolvimento pessoal são uma situação win win. Por um lado, permite que a organização ajude cada colaborador a desenvolver competências que são e serão úteis para a situação normal de operacionalidade, por outro permite fortalecer a integração e gerar um contributo da organização para o desenvolvimento pessoal de cada colaborador.

 

Apoiar a liderança e Data

Os Recursos Humanos são um canal sólido e seguro para criar coesão entre todos os colaboradores e a liderança. Assim como podem fornecer inputs importantes para o enquadramento de tomada de decisão, mesmo em situações em que a tomada de decisão está fortemente condicionada pela conjuntura e situações limite. Em simultâneo, potenciar a recolha de dados através de tecnologia ajuda os decision makers a desenhar iniciativas e tomar decisões informadas e adequadas à realidade interna da sua empresa.

 

Saúde e Segurança

Dada a natureza da crise pandémica, o aspeto da Saúde e Segurança ganha uma importância extraordinária. A preocupação e ações com vista a melhorar as condições de trabalho têm vindo a estar cada vez mais no centro das atenções das empresas, sendo consideradas hoje em dia como critérios básicos. O nível da aposta nestes valores depende muitas vezes também da própria estratégia de employer branding e os Recursos Humanos têm um impacto preponderante nesta estratégia. Numa altura em que a crise afetou diretamente os próprios conceitos de Saúde e Segurança, o esforço dos Recursos Humanos para adaptar toda a estrutura deste ponto de vista à nova realidade é fundamental para o sentimento de segurança e engagement dos colaboradores atuais assim como para ações de recrutamento futuras.

 

Aumentar a Produtividade

A produtividade dos colaboradores depende de uma série de fatores, internos e externos. Numa altura em que lidamos com uma nova configuração da realidade, a adaptação de cada um dos fatores terá um impacto na produtividade. Desta forma, ao mitigar os fatores externos e ao adaptar os fatores internos, o enquadramento dos Recursos Humanos é fulcral na contribuição para um aumento sustentável da produtividade.